Orquestra Filarmônica de Goiás se apresenta pela primeira vez no Canto da Primavera

Déborah Gouthier

Na manhã do sábado (22), a Orquestra Filarmônica de Goiás lotou o Cine Pireneus no terceiro dia do Canto 2016. Essa foi a segunda vez que a Orquestra se apresenta em Pirenópolis, mas a primeira vez na mostra de música que movimenta a cidade há 17 anos.

20161022_canto2016_0001

A apresentação teve a regência do maestro holandês David Rabinovich, que inovou com uma nova formação para o grupo ao posicioná-los em pé. Além de permitir um melhor posicionamento de palco, mais adequado ao tamanho do Cine Pireneus, a formação também permitiu mais proximidade e entrosamento com o público.

Delcio Gonçalves

Delcio Gonçalves

No programa da Orquestra Filarmônica estavam a Sinfonia No.5 de Bach e a Sinfonia No.48, “Maria Theresa”, de J. Haydn. As peças emocionaram a plateia, composta por turistas e moradores da cidade, que admirou entusiasmada a orquestra mais querida de Goiás em uma apresentação inédita e exclusiva para o Canto 2016.

Delcio Gonçalves

Delcio Gonçalves

Quem também prestigiou o espetáculo foI o maestro Alessandro Borgomanero, diretor de Ação Cultural da Filarmônica, que se apresentou na mostra no dia anterior com o Quarteto Guerra-Peixe de Goiás; o maestro Neil Thompson, regente titular e diretor artístico da Filarmônica; e o maestro José Eduardo Morais, superintendente de Ação Cultural da Secretaria Estadual de Educação, Cultura e Esporte (Seduce).


Compartilhe!