Canto da Primavera 2016 recebe o hibridismo musical de Desumanos

Déborah Gouthier

O guitarrista paraense Manoel Cordeiro é o precursor dos sons suburbanos da Amazônia. Ainda na década de 1990, ele começou a moldar a música do Pará misturando sua sonoridade típica com outros ritmos. Tanta experimentação foi ganhando novos ares e virou o som instrumental dançante e híbrido da banda Os Desumanos, que se apresenta no Canto da Primavera 2016.

O grupo, que funde ritmos como guitarrada, ska, carimbo, cúmbia e rock, reúne produtores e músicos consagrados. Além de Manoel Cordeiro – que é músico, compositor, produtor, arranjador e grande pesquisador da música da Amazônia, considerado um dos músicos fundamentais na consolidação das sonoridades populares do Norte e Nordeste, e pioneiro em ritmos como a lambada e o brega – o grupo também traz seu filho, Felipe Cordeiro. Ele ganhou destaque quando misturou a tradição desses ritmos musicais trabalhados há tempos pelo pai e já tradicionais no Pará, com a contemporaneidade dos beats digitais da América Latina, como a cúmbia, o zouk e o reggaeton, apresentando-se com essa receita em shows pelo mundo todo.

Com Os Desumanos, eles pai e filho reúnem com Liminha, um dos mais requisitados produtores do país desde a década de 1980 e ex-baixista d’Os Mutantes; o baterista francês Stéphane San Juan, que reside no Brasil há quase 15 anos, depois de ter tocado com grupos musicais do mundo todo e, então, ser fisgado pelos ritmos brasileiros através de Kassin, outro integrante da banda. Compositor, cantor, multi-instrumentista, Kassin é também um dos principais produtores brasileiros, assinando álbuns de Caetano Veloso a Los Hermanos, Jorge Mautner a Clarice Falcão, além de integrar projetos como o +2 e a Orquestra Imperial.

Juntos desde 2013, eles já se apresentaram em festivais como o Se Rasgum (Belém) e o Rec Beat (Recife), gerando boas críticas e ótima repercussão entre o público. Agora chegou a vez de o público goiano conhecer o som cru e direto de Os Desumanos. Eles se apresentam em Pirenópolis, no último dia dessa 17ª edição do Canto da Primavera, 30 de outubro. Além disso, no dia anterior, 29, Kassin e Liminha participam de uma roda de conversa sobre carreiras e produção musical, às 11h, no Teatro Sebastião Pompeu de Pina.

Roda de Conversa: Liminha e Kassin (RJ)

Data: 29/10/2016
Horário: 11h
Local: Teatro Sebastião Pompeu de Pina

Show: Os Desumanos (PA/RJ)

Data: 30/10/2016
Horário: 21h30
Local: Palco Principal


Compartilhe!